Chafariz da Cabocla

 

Este belo chafariz teve seu projeto aprovado em 10 de fevereiro de 1854, pelo Governo da Bahia. Foi inaugurado em 8 de dezembro de 1856, na Praça da Piedade, junto com outros chafarizes do Sistema do Queimado. Já estava instalado em maio daquele ano. Os chafarizes do Queimado começaram a ser montados em 1855.

O tema é uma homenagem da Companhia do Queimado à Independência da Bahia, em Dois de Julho de 1823, e serviu de inspiração para o Monumento do Campo Grande, inaugurado em 1895.

Foi feito na Itália, em mármore de Carrara. Tem 5,6 metros de altura e circunferência de 4,4 m. No topo, uma alegoria de uma cabocla atacando uma hidra, que representa o Império Português.

Esse chafariz foi retirado da Piedade no início do século 20, após a construção da Avenida Sete de Setembro, e instalado no Largo Dois de Julho, a poucos metros do local do antigo chafariz que lá existia. Nos anos 1960, foi relocado para a antiga Praça dos Reis Católicos. Em 1982, foi instalado no Largo dos Aflitos, onde se encontra.

 

Aflitos

 

Homenagem

 

Projeto chafariz

 

 

Chafariz Piedade

 

 

Este é o projeto do Chafariz da Cabocla (imagem adaptada do livro de Marisa Vianna, "...vou pra Bahia" - 2004).

Note o texto ao lado, com a aprovação do Palácio do Governo da Bahia, em 10 de fevereiro de 1854.

 

Chafarizes

 

Este é o primeiro registro conhecido do Chafariz da Cabocla, em litografia de Louis Aubrun, com base em fotografia de Victor Frond, de cerca de 1858.

 

Chafariz Cabocla

 

 

 

 

Copyright © Guia Geográfico - Monumentos de Salvador, Bahia. Atrações turísticas da Cidade baiana. Antigas fontes da Cidade.

 

Salvador

 

 

 

 

 

 

 

Foto Tereza Torres