Fonte de Caramuru

(Fonte de Nossa Senhora da Graça)

A histórica Fonte de Caramuru, chamada de Fonte de Nossa Senhora da Graça, fica no Vale do Canela, bairro da Graça, com acesso pela rua Almirante Cleto Japiassu.

No século 16, a Fonte ficava nos domínios de Diogo Álvares Correia, o Caramuru, patriarca do Brasil. Acredita-se que nela banhava-se sua esposa Catarina Paraguaçu. O casal também fundou a Igreja da Graça.

É considerada a fonte mais antiga de Salvador. Era também conhecida como Fonte das Naus, pois era usada para abastecer as embarcações que aportavam na Cidade.

Suas águas vêm de correntes subterrâneas e é uma das nascentes do Rio dos Seixos, que deságua junto ao Morro do Cristo, na Barra. Sua atual estrutura data de 1913. A fonte é protegida por um gradil de ferro e o acesso é feito por uma escada em alvenaria.

Em 2007, a Fonte foi reformada pela Associação dos Moradores da Graça, com apoio da Prefeitura. O local foi urbanizado, chamado de Praça Catarina Paraguaçu e abriga também um pequeno parque infantil. Essa Praça foi inaugurada em 17 de agosto de 2007, em evento solene, que contou com a soprano Cyrene Paparotti cantando uma ária da ópera Moema e Paraguassu, escrita pelo Barão da Vila da Barra, Francisco Bonifácio de Abreu, em 1861, em homenagem a D. Pedro II, e apresentada na Exposição Universal de Paris, em 1867.

Em 2008, a Praça foi o palco de uma missa campal durante as comemorações da Fundação da Cidade, que contou com o Coral do Mosteiro de São Bento.

 

Fonte da Graça

 

A Fonte de Caramuru, em 2008 (fotografia publicada no artigo As Fontes na Cidade de Salvador, de Aucimaia de Oliveira Tourinho e Nicholas C. de Almeida Costa, publicado na revista RIGS, em 2012).

 

Acima, a Fonte de Caramuru, em 2015, vista da rua Almirante Cleto Japiassu, com a Ladeira da Gabriela, ao fundo.

 

Turismo em Salvador

 

Mapa Graça

 

Fonte Caramuru

 

Copyright © Guia Geográfico - Bairros de Salvador, Bahia. Atrações turísticas da Cidade baiana.

 

Salvador