Igreja de Nossa Senhora das Vitórias

(Capela da Pupileira da Santa Casa da Misericórdia)

Em 21 de fevereiro de 1875 foram inauguradas as novas instalações do Asilo dos Expostos da Santa Casa da Misericórdia, próximo ao Campo da Pólvora.

A Capela da Pupileira foi construída, pelo Comendador Antônio de Lacerda, e dedicada à Nossa Senhora das Vitórias. Inaugurada em 29 de junho de 1876. Lacerda pediu na época que ocultasse seu nome.

O Asilo dos Expostos de Nazaré, fundado também no século 19, abrigava a Pupileira, também conhecida como a roda do expostos. Era um dispositivo giratório pelo qual se entregavam os pupilos, bebês órfãos, sem que os entregadores fossem identificados.

O complexo é administrado pela Santa Casa da Misericórdia da Bahia, a primeira instituição do Brasil a abrigar uma roda dos expostos. Esse dispositivo já não era mais adotado no início do século 20.

A Capela faz parte do conjunto arquitetônico do Asilo dos Expostos, composto pelo Asilo, a Capela e um jardim. Acesso pela Avenida Joana Angélica, 79. Faz parte da Paróquia de Nazaré.

Hoje funciona, no local, uma creche-escola para crianças carentes. A Capela integra o requintado Cerimonial Rainha Leonor, um espaço concorrido para cerimônias de casamento, que conta com um salão de festas e amplo estacionamento.

 

Copyright © Guia Geográfico - Patrimônios Históricos da Bahia

 

 

 

Capela Pupileira

 

Igrejas de Salvador

 

Recriação da roda dos expostos da Pupileira, em exibição no Museu da Santa Casa da Misericórdia da Bahia. Um cilindro oco giratório de madeira, em que uma das faces tinha acesso livre pelo lado da rua. Tocava-se uma campainha e o bebê era aí deixado aos cuidados da Irmandade do Asilo dos Expostos. Em geral, acompanhava um bilhete anônimo.

 

Pupileira

 

Igrejas Salvador

 

 

Mais Igreja de Santo Antônio da Mouraria

 

 

Tereza Torres