Campo Grande

 

Um belo parque e um excelente espaço de lazer, com monumentos e prédios históricos, em volta. O Campo Grande é, ao mesmo tempo, uma praça e um pequeno bairro.

Era o antigo Campo de São Pedro, nome derivado da ermida que existia na região, no século 16, e que veio também a dar nome ao Forte de São Pedro.

Até boa parte do século 19, era um grande espaço aberto com alguns edifícios em volta, como a Capela Anglicana, demolida em 1976. Passou também a abrigar alguns casarões da comunidade britânica.

Mapa do Campo Grande

 

Campo Grande

 

Turismo em Salvador

 

Sua urbanização começou nos anos 1840 e continuou pelos anos 1850. Nessa época o nome Campo Grande já era usado para denominar o local, como indica a Fala do Presidente da Província na abertura da Assembleia Legislativa, em 2 de fevereiro de 1847, quando citou que a Câmara Municipal tratava do nivelamento do campo grande [com letras minúsculas] e que melhorou a estrada da Victoria. Mas, no relatório de 1º de março de 1852, o Presidente usa os dois nomes: Campo Grande e Campo de S. Pedro para o mesmo logradouro, relatando que o nivelamento da Praça havia sido embargado por um particular. Esse embargo foi resolvido por uma indenização do Governo Provincial. Outro relatório, de 1855, dá o nome de Campo Grande de S. Pedro, o que parece ser uma fusão dos dois nomes. Em 1856, o Presidente cita o Campo Grande do Forte de S. Pedro.

Em 16 de novembro de 1859, no final da tarde, o Imperador D. Pedro II, assentou no Campo Grande, a primeira pedra do Monumento ao Fundador do Império (seu pai D. Pedro I). Pretendia erigir esse Monumento a benemérita Sociedade 24 de Setembro. A solenidade teve grande cobertura no Diário da Bahia do dia seguinte. Foi uma grande cerimônia que contou com um pavilhão especialmente armado para tal (veja um outro pavilhão armado no Largo do Theatro para a visita do Imperador). Ao que se sabe, esse Monumento ficou só na pedra fundamental, provavelmente malogrado pelos ventos da República. Em seu lugar, foi erguido o Monumento ao Dois de Julho. Mas D. Pedro II ganhou seu próprio monumento, em 1937, atualmente no Jardim de Nazaré.

Tinha lampiões e gramado por volta de 1870 (veja foto de Gaensly).

A partir dos anos 1870, aparecem registros de jogos de cricket que fazem referência ao Campo Grande. A Planta de Morales de los Rios, de 1894, também registrou Campo Grande para o local.

A Lei Provincial de 12 de julho de 1872, deu a Antônio de Lacerda, a concessão para uma linha de trilhos do Campo Grande ao Rio Vermelho, concluída nos anos seguintes.

O Campo Grande foi remodelado no final do século 19 e, em 1895, ganhou o magnífico Monumento ao Dois de Julho. Termina aqui o desfile de Dois de Julho, que comemora a mais importante vitória dos brasileiros na Guerra da Independência.

No início do século 20, ou antes, o Campo Grande era chamado oficialmente de Parque Duque de Caxias e esse nome ainda era usado em 1930, como mostram postais da época. Um postal datado de 1938, indicava o nome Parque Dois de Julho e ficou como Praça Dois de Julho até o final século 20, mas não pegou, mesmo porque existe o outro Largo Dois de Julho. No século 21, o nome foi finalmente mudado para Largo do Campo Grande.

No século 20, foi construído o Hotel da Bahia (1949), o Teatro Castro Alves (1967), clubes, prédios residenciais de luxo e passou a fazer parte do circuito do Carnaval. Nos anos 1960, foi construída a ligação da Avenida Contorno ao Vale do Canela, com obras de escavação e viadutos, envolvendo áreas do Campo Grande. Em 2003 houve nova remodelação, mas ainda preserva muito do estilo romântico do século 19.

Mais imagens antigas do Campo Grande

 

 

Detalhe da arquitetura do Teatro Castro Alves.

 

Paisagismo

 

Turiasmo Bahia

 

Campo Grande Salvador

 

Esculturas Bahia

 

Fonte Salvador

 

Forte São Pedro

 

Vista do parque com o Monumento ao Dois de Julho, ao centro.

 

Acima, uma das entradas principais do parque do Campo Grande.

 

Parque

 

Teatro Castro Alves

 

Monumento Campo Grande

 

Inaugurado em 1895, o Monumento ao Dois de Julho é um dos mais grandiosos da América.

 

Salvador

 

Copyright © Guia Geográfico - Bairros de Salvador.

 

Salvador

 

 

 

 

 

Campo Grande

 

 

 

 

 

Roberto Viana

 

 

Fábio Salles